Home / Análise do jogo / Flamengo 0 x 1 Atlético-PR

Flamengo 0 x 1 Atlético-PR

A edição inaugural da Primeira Liga será decidida por Atlético-PR e Fluminense. Na noite desta quarta-feira (23), em Juiz de Fora, os paranaenses venceram o Flamengo por 1 a 0 – gol de Marcos Guilherme no 2º tempo – e impediram a final entre a dupla Fla-Flu.

O Rubro-negro carioca teve chances, principalmente na etapa inaugural, mas não aproveitou e sofreu o revés para um Furacão mais equilibrado. A final da Primeira Liga será no dia 7 de abril (quinta-feira), às 21h.

O Jogo

O Flamengo teve liberdade desde o início do primeiro tempo para atacar pelo lado direito. Com seis alterações na equipe titular por conta das convocações de Cuéllar e Guerrero e pelo desgaste de alguns jogadores, o Rubro-negro carioca teve em Willian Arão, Gabriel, Everton e Alan Patrick a engrenagem para criar jogadas. Dos 12min aos 18min, o time de Muricy Ramalho teve três boas oportunidades para abrir o placar com Felipe Vizeu, Arão e Juan.

O Atlético-PR teve dificuldades para chegar ao gol defendido por Paulo Victor. Os paranaenses arriscaram chutes de fora da área e alguns cruzamentos, mas não levaram perigo. O Flamengo ainda teve mais uma chance aos 38min. Jorge cruzou na medida para cabeceio de Everton. O goleiro Weverton fez grande defesa e garantiu o empate sem gols em uma primeira etapa na qual os cariocas foram superiores.

A segunda etapa foi mais aberta. Os times se jogaram ao ataque e ambos tiveram chance de marcar até os 10min. O goleiro Paulo Victor fez duas defesas em sequência, mas na terceira oportunidade não conseguiu evitar o gol do Atlético-PR. Aos 16min, Marcos Guilherme recebeu na entrada da área, ajeitou o corpo e soltou a bomba no ângulo esquerdo. Festa dos paranaenses em Juiz de Fora.

Em desvantagem no placar, o técnico Muricy Ramalho apostou no trio Emerson Sheik, Marcelo Cirino e Ederson para buscar ao menos o empate e levar a decisão da vaga na final para os pênaltis. O Flamengo se lançou ao ataque de forma desorganizada e deixou espaços no sistema defensivo. Cirino desperdiçou chance clara, Pablo também. O esforço não foi suficiente. O sonho de uma final carioca parou no chute de Marcos Guilherme. A comemoração foi do Furacão, que tenta agora o título da edição inaugural da Primeira Liga.

FLAMENGO 0 X 1 ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden
Auxiliares: Rafael da Silva Alves e Jorge Eduardo Bernardi
Cartões amarelos: Pará e Jadson (Atlético-PR)
Gol: Marcos Guilherme, aos 16min do segundo tempo

Flamengo
Paulo Victor; Pará, Wallace, Juan e Jorge; Márcio Araújo, Willian Arão e Alan Patrick (Ederson); Gabriel (Marcelo Cirino), Everton (Emerson Sheik) e Felipe Vizeu
Técnico: Muricy Ramalho

Atlético-PR
Weverton; Eduardo, Thiago Heleno, Paulo André e Pará (Bruno Pereirinha); Otávio, Jadson, Nikão (Hernani) e Marcos Guilherme; Pablo e Walter (André Lima)
Técnico: Paulo Autuori

Flamengo 0 x 1 Atlético-PR
Rate this post

Sobre Jordano Freitas

Tu és time de tradição, raça amor e paixão, oh meu mengoo!

Veja Também

Pôster flamengo campeão carioca 2014

Consulte a provável escalação do Flamengo para o jogo contra o Paraná

Consulte a provável escalação do Flamengo para o jogo contra o Paraná Nesta quarta-feira (30), ...

One comment

  1. Murici por favor, não desista

Deixe uma resposta