Home / Flamengo / Sou mais Roque Santa Cruz e coerência…

Sou mais Roque Santa Cruz e coerência…

Sou mais Roque Santa Cruz e coerência…

No Flamengo as coisas andam meio estranhas. Confesso que queria entender tudo que se passa na sala da diretoria e dentro da cabeça das pessoas que comandam o nosso futebol.

Sim, sei que Eduardo Bandeira e sua trupe tem feito um bom trabalho na parte administrativa, deixamos de ser um clube que não paga contas, fechamos bom patrocínios e o mais importante, assumimos que temos dívidas, isso já é um grande sinal de quem quer mudar a imagem. Mas tudo isso fica na sala do presidente, eu falo mais do campo, das quatro linhas que separam os homens dos meninos.

Roque Santa Cruz ou El Tanque?

Fala ai torcedor, tu não sente que está tudo meio bagunçado? Começando pelo afastamento de alguns jogadores, passando pela faixa de capitão, pela escalação de jogadores que pareciam fora dos planos e agora com nomes de futuras contratações. Preferir Santiago El Tanque na disputa com Roque Santa Cruz foi a gota d’agua.

Bom, na realidade eu não sonhava com nenhum dos dois, tanto Santa Cruz quanto El Tanque já carregam muitos fracassos em suas carreiras e uma série de polêmicas, dois ingredientes que o nosso Mengão não precisa nesse momento. Mas, se olharmos a fundo, El Tanque passou pelo Corinthians e nada fez, não vem sendo aproveitado no cambalido Boca Júniors e não é o jogador mais técnico do mundo. Já Roque tem na sua carreira passagens por times grandes da Europa, é convocado com frequência pala a Seleção e possui uma certa habilidade. Se um quer ganhar R$ 300 mil e outro R$ 500 mil, confesso que não vejo tanta diferença nos valores para preferir o mais barato. É a velha máxima do: “Já que vai gastar, gasta direito então”.

As outras dúvidas que tenho sobre o campo, são: Ramon estava afastado, sem chances com Dorival e encostado por Jorginho, o titular absoluto era João Paulo, atleta o qual não compartilho simpatia. Eis que chega o grande clássico local, vamos enfrentar o Fluminense e Jorginho faz o que, escala Ramon e barra JP. Existe coerência nisso? Antes disso tivemos outra prova de falta de prumo; Alex Silva voltou ao time aos poucos, no jogo que começou como titular, eis que nosso treinador lhe entrega a faixa de capitão, na rodada seguinte fica no banco e na outra nem é relacionado; passados um mês o jogador está na barca de saída do Flamengo. Existe coerência nisso?

A situação de Ibson também precisa ser investigada. Há tempos questiono o futebol do camisa 7. Falta físico, vontade e disciplina tática. Fui um dos primeiros a apontar que Ibson é um dos melhores peladeiros do Brasil, mas sua cultura futebolística o impede de atuar como profissional. Mesmo com tudo isso, a justificativa usada por Jorginho, em entrevista ao site globoesporte.com, beira ao absurdo, veja e reflita: “Tecnicamente, realmente é muito difícil a permanência. Porque é um atleta que joga numa posição em que eu tenho um atleta, não digo parecido, mas que é o Elias, que eu não gostaria de ter o mesmo jogador desse mesmo nível”. Ou seja, ele disse que não quer ter dois jogadores do mesmo nível na mesma posição, sim, disse isso, veja: “eu não gostaria de ter o mesmo jogador desse mesmo nível”. Vale lembrar que Ibson pertence ao Flamengo, já Elias e emprestado e tem valor de mercado fora da realidade, algo em torno de R$ 18 milhões. Existe coerência nisso?

Acredito e defendo a renovação do trabalho, Jorginho tem potencial, pode vir a ser um grande treinador e fazer um trabalho maravilhoso, mas o começo anda meio bagunçado. Trinta dias no comando e você não sabe quem é a dupla de zaga do time, pois Gonzalez, titular na quarta-feira, jogo que valia muito para o Flamengo, estava, até ontem, na lista de dispensa, sendo oferecido para diversos clubes, inclusive o Fluminense. Já Wallace, titular no Fla X Flu, onde o Flamengo venceu com folga, ficou no banco na partida da Copa do Brasil. Existe coerência nisso?

Reflita um pouco torcedor e mande sua opinião, faça a sua voz ter valor, diga o que pensa. O trabalho de Jorginho está tendo coerência? Você é a favor ou contra o afastamento do Ibson? Temos no elenco alguma peça capaz de suprir uma possível saída de Elias, seja por contusão, convocação para a Seleção ou o fim do empréstimo?

Macaé

Sabadão é dia de festa. Tem Flamengo e Macaé, jogo que vale a mesma coisa que a reputação de nossos políticos. Sabe como o Mengão vai à campo? Não? Então, nem eu! Jorginho monta um time a cada jogo, ou seja, certeza só o Felipe no gol; Leonardo Moura na direita; o meio deve ter Renato Abreu, Amaral e Elias; e o ataque, se manter a norma vai de Gabriel, Hernane e Rafinha. As dúvidas continuam na esquerda e o miolo de zaga. Quer saber quanto será o jogo? Levando em conta que acertei o Fla X Flu e o jogo da Copa do Brasil, então ai vai, pode se preparar para sofrer, 2 a 1 para o Mengão.

Luxemburgo

Quer dizer que o Luxa tomou uma surra ontem depois do jogo do Grêmio? Confesso que dei risada quando vi as imagens. Pô Luxa, está precisando entrar em forma, não conseguiu nem fugir dos caras meu.

ps: Antes que meia dúzia diga que estou incentivando a violência, que deveria estar usando o espaço para manifestar-se contra o ato dos jogadores e comissão dos chilenos, o que fiz acima foi uma ironia.

Frase musical do dia

“Se o quadradismo dos meus versos
Vai de encontro aos intelectos
Que não usam o coração como expressão”

Abraço e Saudações Rubro Negras…

Sou mais Roque Santa Cruz e coerência…
Rate this post

Sobre Ricardo Moura

Paixão muitas vezes não contida nesse coração Rubro Negro, Ricardo Moura é o Brasil, o sentimento poderoso de cada torcedor. Ele é Inenarrável, apaixonado por um time desmoralizado. Mas o que é moral no futebol?

Veja Também

imagem16-12-2017-03-12-04

“Aqui ninguém fez nenhum estímulo à violência”, diz Allan García

Barca para 2018 e relatos de confusão e violência no Maracanã. Estes foram os temas ...

One comment

Deixe uma resposta