Se dependesse só do Flamengo, a contratação de Ederson estaria fechada. A diretoria rubro-negra entrou em contato com o meia, que manifestou o interesse em voltar ao futebol brasileiro e defender o clube. As duas partes já se acertaram, mas ainda falta a liberação do Lazio. O jogador tenta com time italiano a saída gratuita, pois é pouco aproveitado – disputou apenas cinco jogos na última temporada. O Rubro-Negro, por sua vez, avisou a Ederson que não desembolsará dinheiro pela transferência e arcará somente com os salários.

O clube da Gávea pagou passagem para um representante do atleta viajar ao Rio de Janeiro neste fim de semana e está otimista para fechar a negociação. Contudo, há pressa porque o período de registro de jogadores que vêm do exterior termina na próxima terça-feira, dia 21 de julho.

LAZIO_EDERSON_121212

Ederson está com 29 anos e chegaria para assumir a camisa 10 do Flamengo, que está vaga desde o ano passado. Para essa função de armação, o clube já havia tentado, sem sucesso, nomes como Conca, Montillo e o colombiano Quintero.

Ederson iniciou a carreira no RS Futebol, ainda como amador. Saiu de lá na mesma época em que Rodrigo Caetano, hoje diretor executivo de futebol do Flamengo e que conduz a negociação, começava no clube sua carreira de dirigente. Como profissional, o meia atuou por Internacional, Juventude, Nice-FRA, Lyon-FRA e por último Lazio, onde está desde 2012. Ele tem no currículo uma convocação para a seleção brasileira em 2010.

 

 

 

Falta pouco para termos o “tal camisa 10”
Rate this post

Jordano Freitas

Tu és time de tradição, raça amor e paixão, oh meu mengoo!

Deixe uma resposta