O Flamengo não trabalha com apenas uma frente na procura por um novo técnico. Além de Muricy Ramalho, a diretoria está conversando com o argentino Edgardo Bauza, que está de saída do San Lorenzo. Ele tem contrato por lá apenas até o fim deste ano e já havia anunciado que não renovará. Como o Campeonato Argentino já terminou, Bauza está livre para ouvir propostas. O comandante também é alvo do Barcelona de Guayaquil, do Equador.

Oswaldo-Oliveira-Flamengo-Paulo-SergioLANCEPress_LANIMA20150820_0212_53

Alguns dirigentes rubro-negros veem com muito bons olhos a contratação de um técnico estrangeiro. Um vice-presidente do Flamengo foi à Argentina há duas semanas – quando o Brasil empatou por 1 a 1 com os donos da casa pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 – com quatro nomes em pauta, todos argentinos: Jorge Sampaoli, que está no comando da seleção chilena; Alejandro Sabella, que dirigiu a seleção argentina na última Copa e está sem clube; Marcelo Bielsa, ex-Chile e Argentina e que está sem clube desde que deixou o Olympique de Marselha-FRA, meses atrás; além de Bauza, obviamente.

O Fla fez consultas por todos eles, mas só estendeu os contatos com Bauza, pelo menos por enquanto, e o nome ganhou força nos bastidores da Gávea nos últimos dias. Mais valorizados no mercado, os outros três são considerados muito caros. Sampaoli, por exemplo, tem salário de cerca de R$ 1 milhão por mês. E Muricy Ramalho, nome que é muito forte internamente, virou alvo do Atlético-MG. O Galo acirrou a concorrência por Muricy para substituir Levir Culpi após o Campeonato Brasileiro, mais um motivo para o Flamengo ter um plano alternativo.

Flamengo procura Edgardo Bauza para ser técnico
Rate this post

Jordano Freitas

Tu és time de tradição, raça amor e paixão, oh meu mengoo!

Deixe uma resposta