É amigos, andei longe, distante de vocês e da minha coluna que era pra ser semanal, mas está tão enrolada que tá virando mensal.

Ontem, quarta-feira, dia 24, a casa caiu para nós Rubro Negros que fechamos com o certo e temos o maior talão de pedidos do Mundo. Mais um dos nossos clientes preferenciais saíram da longa fila do anonimato.

O Atlético Mineiro levou o caneco da Libertadores. É, agora eles tem também.

Ok, os caras merecem, não posso negar, mas andei pensando aqui, anda fácil demais ganhar essa tal Copa ai. Veja você, o Vasco ganhou, o Palmeiras também, ai vem o Corinthians e agora a galinha resolve beliscar.

Ficou comum, ganhar a Libertadores já não é a mesma coisa.

Aos atleticanos um grande abraço e nunca se esqueçam. Primeiro foi o Brasileiro de 1971 e agora a Libertadores de 2013. Ou seja, uma vez por século vocês ganham algo, parabéns e até 2113.

Vamos ao que interessa…

E o show tem que continuar, e agora o show tem André Santos. Não, não estou maluco, continuo achando que ele na Seleção é um crime, tão crime quanto o Galo vencer algo nesse século novamente, mas para jogar na lateral esquerda de um clube, A. Santos é um baita reforço, fará de João Paulo e Ramon duas antas histórias.

Do resto, vejo um futuro muito bom.

Mano Menezes vem dando padrão para a equipe, hoje sabemos a escalação e com isso temos até motivos para xingar um ou outro. Veja você, Leo Moura voltou a atuar bem, a zaga não é tão confete e nosso meio campo, ora, nosso meio tem feito alguma coisa produtiva.

Elias arrebentando como sempre, esse cara é o melhor meia que o Flamengo teve nos últimos anos, ouso dizer que a diretoria do Mengão deve trabalhar com toda a força do Mundo para adquirir o atleta em definitivo. Elias será titular da Seleção na Copa de 2014, podem anotar.

Do mais, o mesmo. Marcelo Moreno metendo gol todo jogo, Paulinho sendo uma maquina de arrancadas e Bruninho surgindo bem. O lado negativo fica com Val, parece ser um bom sujeito, mas não da para vestir o manto e ir pra guerra. Val, na boa, fica em casa que o Mengão te banca. Não inventa de querer jogar.

Emerson…

Eu afirmei que Emerson já era jogador do Flamengo, e era! O atleta estava apalavrado com o Mengão, tinha tudo pronto para assinar e estreiar contra o Botafogo, nesse domingo, mas, como é de costume, preferiu mais uma vez brincar com a Nação.

Assim como fez ao sair do time no meio do Brasileirão de 2009, onde formava uma bela dupla com o Imperador, Emerson pipocou e preferiu continuar morando em São Paulo. Para ele, um abraço e boa sorte, pois a vida é curta e ser ídolo no Corinthians é fácil, vide que o Marcelinho Carioca é o maior deles, agora, ser eterno para o Flamengo é para pouco e você nunca será. Jogador comum, joga em time comum e pensa comum.

Renato Abreu…

Palhaçada. Sai do time, após dar show contra a torcida e companheiros, mantém a foto do Flamengo no seu facebook, mas por baixo dos panos planeja processar o Flamengo por PERDAS E DANOS?! O cara cobrar na justiça seus salários e multas contratuais, está certo.

Ele precisa do dinheiro e jogava para se sustentar, mas cobrar DANOS MORAIS alegando que teve sua imagem arranhada com a saída repentina do clube? Vai catar coquinho meu filho.

Isso serve para a turma do “Futebol de Vídeo Game”, que venera esse sujeito, que idolatra essa rapaz. Mais um para lesar nosso Flamengo.

Nossos clientes comemoram
Rate this post

Ricardo Moura

Paixão muitas vezes não contida nesse coração Rubro Negro, Ricardo Moura é o Brasil, o sentimento poderoso de cada torcedor. Ele é Inenarrável, apaixonado por um time desmoralizado. Mas o que é moral no futebol?

Deixe uma resposta