O dia que Felipão me ligou…

Olá meus amigos. Sim, confesso que andei sumido, sabem como é, muitas tarefas. A última delas me pegou de surpresa na noite de segunda-feira, dia 13. Após tomar banho e deitar para acompanhar tudo que acontece com o nosso Flamengo, eis que meu celular resolve tocar. Do outro lado um sotaque gaúcho, puxado, meio grosso e meio engraçado. Sim, Felipão me ligou!

– Alô?

– Boa noite tchê, gostaria de falar com o Ricardo, do site crflamengo.net.

– Opa, é ele mesmo. Gostou de algum texto? Está querendo uma analise sobre a possível contratação do Rio Ferdinand?

– Não tchê, gostaria de tirar algumas dúvidas com você. Posso guri?

– Bom, pelo sotaque o senhor é Gaúcho, não sei fazer chimarrão e sou péssimo na churrasqueira, mas se for de futebol posso lhe ajudar. O que queres de mim?

– Então guri…

– Calma ai, antes me diga, quem é você?

– Tchê, quem sou, não reconhece minha voz? Aqui quem fala é Luiz Felipe Scolari, o pai da Família Scolari…

– Opa, conheço. Felipão, aquele treinador que não teve coragem de assumir o Mengão na época que o Zico era diretor? Aquele que afundou o Parmeirinha? O cara que tirou da boca do povo brasileiro o gostinho de ver o Romário destruindo na Copa de 2002? Sim, sei quem é. O que precisa meu caro?

– Tu andas falando besteira. Romário só atrapalharia, o Palmeiras já estava afundado e se tacaram fogo no Zico, o que fariam comigo se tivesse aceitado o convite?

– Tirando a parte do Baixinho, concordo. Mas vamos lá, o que precisa? Não vem pedir pra eu convocar a Nação pra te ajudar não. Flamengo é Flamengo; Brasil é Brasil!

– Seria uma boa ideia a ajuda da Nação, mas não é isso guri. Terça-feira, dia 14, vou anunciar a convocação para a Copa das Confederações, o Parreira só atrapalha, estou em dúvida. Pode me ajudar tchê?

– Manda bala…

– O que você acha de levar o Cássio, goleiro do Corinthians?

– Tá de brincadeira Felipão? O cara jogou 6 meses de futebol só. Estava escondido na Holanda, pegou uma bola do Diego Souza e você já quer meter ele na Seleção? Faz assim, as coisas estão feias aqui no Rio, então cala a boca da paulistada, manda três goleiros do futebol carioca. Jeffersson do foguinho, D.Cavallieri do Florminense e Felipe do Mengão.

– Você está louco guri? Felipe é muito espalhafatoso, vai chamar muita atenção… Tem outra sugestão?

– Bom, você disse que precisa da ajuda da Nação, se não quer levar o Felipe, o Bruno está preso; então leva o Júlio Cesar…

– Fechado, temos os três goleiros. Ou melhor, tenho meus três goleiros. Agora precisa fechar as laterais. Estou pensando em Daniel Alves do Barcelona, Marcos Rocha do Galo, ambos pra direita; pra esquerda, Marcelo do Real e André Santos do Gaymio. Sugestões?

– O Galo é cavalo paraguaio eterno, então se levar jogador deles, já é sinal de pipocação. Corta esse cara ai, põe o Leo Moura que funciona. Para a esquerda, Marcelo é craque, mas André Santos é palhaçada total.

– Leo Moura? Guri, vejo que andas louco. O Flamengo voltou a arrecadar dinheiro pois o Jorginho colocou um pedágio na direita, na avenida Leo Moura. Ele não quero, fale outro? Sobre o André Santos, concordo, ele é mais limitado que o Léo, do Santos, mas não tenho outro jogador para colocar no lugar…

– Coloca um cone então…

– Será que a imprensa aceitaria um cone?

– Não importa, põe um cone de dane-se. O Dunga levou Grafitte e Kleberson!

– Não quero arrumar briga. Não posso por um cone, apesar que convoquei o Arouca algumas vezes…

– Faz assim, pega um cara que ninguém sabe de onde vem, ninguém vê jogando, ninguém sabe nem escrever o nome dele e diz que é o lateral esquerdo dos sonhos. Tipo o Afonso na era Dunga.

– Guri, que ideia genial. Pera ai, vou pesquisar aqui o Football Manager 2013.

(alguns minutos depois…)

– Ricardo, achei um tal de Filipe Luiz…

– Pensei que tinha ido dormir. Então, clica para ver os atributos dele…

– Tchê, que desgraça. O crack está dando defeito, fechou o jogo.

– Então Felipão, pelo sim e pelo não, põe o Felipe Luiz e fecha a esquerda.

– Ok, mas é Filipe Luiz!

– Não importa, daqui quatro meses ninguém mais vai lembrar dele. Ou será que você sabe onde anda o Afonso?

– Verdade. Mas vamos lá. Leo Moura não da. Pensei em improvisar o Jean, do Florminense na direita, o que acha?

– Sou contra! Seleção Brasileira não é lugar pra improvisar, mas melhor o Jean do que Danilo, do Porto ou Alessandro, do Tolinthans.

– Então é isso tchê. Fechamos as laterais. A zaga é mais fácil. Vou de Thiago Silva, Réver, Dedé e David Luiz. Certo?

– Pelo amor de Deus. Você viu o que o Vasco foi ano passado? E tu ainda quer levar o Dedé? Pelo amor de Santo Zico. Pega o cabeludo lá da Alemanha…

– Dante?

felipão me ligou

– Isso, leva ele. Se der certo, você é genial; se der errado, a culpa é do futebol alemão.

– Fechado então. E de volante? Pensei em Galeano, Claudecir, Arouca e Paulinho…

– Vou desligar o telefone. Só pode ser trote. Felipão, pensa comigo: Ramirez é titular do Chelsea, está mal, mas é um dos poucos brasileiros respeitados na Europa, ele tem que estar na Seleção. Andersson, do Manchester United, voltou a jogar bem, está bem contado na equipe inglesa, além de ser versátil. Ainda tem o Zé Roberto, do Gaymio e o Pierre, do Atlético (eles são pé frio, mas é o que tem)…

– O que? Levar jogadores que conseguem pensar? Pelo amor de Deus digo eu guri. Sou Gaúcho tchê. Meu meio campo tem que ser de homens. Galeano e Claudecir pararam, fiquei sabendo agora, Arouca é complicado, joga em time pequeno. Vou fazer assim guri: Fernando, do Gaymio, preciso ter alguém do Sul no meu meio; Paulinho, do Corinthians; Hernanes, da Lázio e achei um cara jogando FIFA 13, parece ser bom, um tal de Luiz Gustavo. Fechei com esses.

– Bom, nenhum daqueles que eu disse, certo? Então não vou me meter nessa.

– Melhor, deixe-me mostrar pulso firme. Jornalista gosta disso. Mudando de setor, estou com um problema do meio pra frente. Não sei se levo Kaká, Ronaldinho Gaúcho e Alexandre Pato. Pode me dar uma luz?

– Bom, o Ronaldinho Gaúcho é mais jogador que o Kaká, mas tem aqueles problemas quando veste a camisa amarela. Se você quer um cara para comandar a meninada, leva o Kaká, na pior das hipóteses ele junta o grupo. Na hora da entrevista ele tira o peso dos jovens e chama a responsabilidade, já o R10 só sabe sorrir e dizer que está alegre. Sobre o Pato, tu vai levar mesmo um cara que é banco do Romarinho? Se for assim, leva o Hernane, do Mengão, pelo menos ele é titular e artilheiro.

– Então resolvi, não vou levar nenhum dos quatro guri!

– Quatro?

– Tchê, tu acha mesmo que vou levar esse Hernane? Ele não consegue fazer duas coisas ao mesmo tempo, ou ele pensa ou ele corre.

– Então mostra o pulso firme e manda os escalados…

– Vou de Neymar, Lucas, Damião, Fred, Jadson, Oscar e Hulk. O que acha?

– Neymar tem que ir, concordo contigo. Fred é o que temos para hoje. Lucas é uma boa aposta. Oscar está em alta na Inglaterra, é bom pra dar moral pro time. Jadson carrega os três cores nas costas. Agora, Hulk e Damião é brincadeira.

– Ricardo, fechei a lista. Hulk será a minha força em campo e Damião será a aposta para bolas altas. Agora preciso de outro favor…

– Mais um? Eu convoquei a seleção pra você. O que mais quer?

– Pede pra Nação dar aquela força pra gente?

– Sai fora seu gaúcho folgado. Está querendo demais, se vira nos 30 e vê se fatura essa porcaria de competição. Abraços e saudações!

– Guri ingrato. Vê se não comenta com ninguém que te liguei.

E ai eu desliguei o telefone e voltei para o noticiário em busca de informações do Mengão. Agora me diga, eu e o Felipão comentamos a escalação, de uma pausa no Mais Querido e diga, gostou da convocação? Gostaria de indicar alguém do Flamengo?

Copa do Brasil

Hoje tem! Hoje tem Mengão na Copa do Brasil. Não vou perder o meu nem o seu tempo falando desse jogo. Passar o rodo é obrigação da galera mais bem vestida do mundo. Então, podem se preparar, logo mais meteremos uns quatro gols. Pra cima deles Flamengo, e amanhã a gente debate a peleja.

O dia que Felipão me ligou…
Rate this post

Ricardo Moura

Paixão muitas vezes não contida nesse coração Rubro Negro, Ricardo Moura é o Brasil, o sentimento poderoso de cada torcedor. Ele é Inenarrável, apaixonado por um time desmoralizado. Mas o que é moral no futebol?
Comentar

COMENTÁRIOS (2)

  1. Gustavo Freitas

    15/05/2013

    Ricardo,
    texto sensacional, hilário e muito bem desenvolvido. Parabéns.

    Responder

  2. Ricardo Fernando Sens

    15/05/2013

    Hahahaha
    Brilhante.

    Responder

Deixe uma resposta