Com seis pontos na bagagem e cada vez mais próximo do G4, o Flamengo desembarcou no Aeroporto Galeão na tarde desta quinta-feira, depois de vencer o Avaí, por 3 a 0, na Arena das Dunas. Um dos principais nomes do Flamengo nas seguidas conquistas, Emerson Sheik destacou a importância dos resultados para o crescimento da equipe no Campeonato Brasileiro. E o mais assediado na chegada ao Rio foi o camisa 11, que atendeu os fãs no aeroporto.

 – Foram seis pontos, foi muito proveitosa a viagem em cima do que planejamos de buscar os pontos que daria esperança a mais para chegar no pelotão de cima, não dá para esconder que foram duas partidas que o time jogou muito bem, mereceu a vitória, mas temos de ter os pés no chão, ter humildade e continuar nessa pegada de treinamento, entender o quanto antes o treinador quer, pois é um grande resultado – comentou o atacante, que às vésperas do Fla-Flu, diz que o Tricolor é passado.

– Fui campeão brasileiro pelo Fluminense, fiz grandes amigos, a minha saída de lá todos sabem o motivo, mas faz parte do passado, hoje o pensamento é só o Flamengo – disse.

 

622_5162a392-bdc2-3999-a5ba-ee4a539ebaff

Como não poderia deixar de acontecer, o atacante provocou o Vasco. Questionado sobre a situação da equipe de São Januário no Brasileiro, o jogador, com tom de ironia, não deixou passar a chance de cutucar o rival.

– Não sei. Estava preocupado com o nosso jogo que nem prestei atenção no jogo do Vasco. Quanto foi o jogo? (6 a 0 respondeu o repórter). Seis? (risos)

Sheik foi denunciado pelo STJD por xingar o árbitro Wilton Pereira Sampaio, no intervalo do jogo contra o Vasco, pela Copa do Brasil. Com isso, será julgado nesta terça-feira, e pode pegar gancho, já que é reincidente.

Sheik mira o G4 para o Flamengo
Rate this post

Jordano Freitas

Tu és time de tradição, raça amor e paixão, oh meu mengoo!

Deixe uma resposta