Torcedor do Fla detido por injúria racial e recebe punição igual ao caso do Vinicius Jr

Torcedor do Fla detido por injúria racial e recebe punição igual ao caso Vincius Jr

Um torcedor do Flamengo foi detido no estádio do Maracanã, antes do jogo na quarta, por cometer injúria racial contra um segurança negro. Ele recebeu a mesma punição de botafoguense acusado pelo mesmo crime, na última semana.

Torcedor Flamengo Racismo

Torcedor do Flamengo

Wagner Marinho Tavares vai responder o processo em liberdade. O flamenguista saiu às 2 da manhã do estádio e terá que cumprir com as mesmas medidas do torcedor rival: deverão apresentar-se na Cidade de Polícia em todos os jogos de Flamengo, por seis meses, não pode deixar o estado por mais de 10 dias e não pode mudar de endereço sem notificar a Juizado Especial do Torcedor. Além disso, uma vez por mês precisa ir ao fórum, no Centro.

Faltando 10 minutos para o início do jogo, houve uma tentativa de invasão por parte da torcida do Flamengo em setores Norte e Leste. A polícia militar poderia agir rapidamente e impediu que a confusão.

Quando as coisas são normais novamente, Wagner Marino Tavares disse para o segurança: ” Vai trabalhar vendendo  banana, o filho de preto”. O ato foi filmado pelas câmeras do Sportv e um policial do GEPE ouviu e tomou o torcedor para a delegacia de polícia.

Ele negou as acusações, mesmo com dezenas de testemunhas e a polícia confirmando o ato.

Torcedor do Fla detido por injúria racial e recebe punição igual ao caso do Vinicius Jr
Rate this post

Parece Bom Demais para Ser Verdade, Mais descubra como Torcedores

Estão Ganhando Dinheiro Assistindo a Jogos de Futebol

Alexandre Peyon

Sou autor neste blog e gostaria de debater com todos aqui presentes os diversos assuntos sobre o Mais Querido. Espero a presença de todos para que possamos manter uma linha de debates e opiniões.

Website: https://crflamengo.net

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *