Uma bandeira para o Bandeira de Mello!

Uma bandeira para o Bandeira de Mello!

Eduardo Bandeira de Mello assumiu a presidência do Mais Querido em 02 de Janeiro de 2013 após um trabalho árduo e incessante de divulgação da chapa azul executado fora dos muros da Gávea. Na realidade, o candidato ao cargo no início do projeto para tornar o Mais Querido um dos maiores clubes do mundo, para não dizer o maior, seria o nosso atual VP de futebol Wallim Vasconcellos, que teve sua candidatura impugnada devido a não conformidade com o estatuto do clube, que tem como diretriz para concorrência ao posto, o fato do sócio ter sua vida associativa regular durante os últimos cinco anos antes das eleições.

Com fala mansa e contida, se mostra firme nas atitudes, convicto na forma de pensar, coerente com a realidade que paira a situação atual do clube e não muda seu discurso em relação ao controle de gastos. Numa das primeiras medidas, contratou de prima Paulo Pelaipe, um executivo de grande calibre e pulso firme para comandar o futebol e colocar a turma para suar, pois esse certamente é o carro chefe das próximas e robustas receitas, além dos títulos obviamente. Em seguida, contratou a empresa de auditoria Ernst & Young para fazer um levantamento completo da situação financeira atual do clube, pois só se resolve um problema quando se sabe o tamanho do mesmo. E para finalizar, mobilizou seus vice-presidentes para as devidas ações e correções em suas respectivas áreas.

Após essas primeiras medidas e para reequilibrar as finanças do Mais Querido, entrou em ação o nosso VP de futebol Wallim Vasconcellos, que efetuou cortes que tomaram conta dos noticiários, a começar pela renovação de novos contratos com os medalhões Renato Abreu e Léo Moura, que prontamente aceitaram as novas diretrizes e acertaram seus contratos por mais um ano de duração. Vagner Love e Dorival Junior foram sacrificados por não estarem com salários compatíveis com a nova realidade do clube, sendo que a volta do primeiro ao CSKA culminou com o fim da dívida com os russos e o segundo foi substituído por Jorginho como uma nova aposta da diretoria, já que o mesmo tem grande identificação com o clube e gerando assim uma economia mensal de aproximadamente 1 milhão de reais/mês na folha salarial. Brilhante!! Além disso, as contratações executadas foram todas por empréstimo sem qualquer custo ao clube que ficou somente com a incumbência de honrar os salários. Para fechar a conta, o pagamento da folha salarial foi puxado para o quinto dia útil do mês, como qualquer empresa grande, e por falar em grande, nós somos os “MAIORES”, diga-se de passagem.

Numa outra vertente do trabalho, o VP de marketing Luiz Eduardo Baptista, mais conhecido como BAP, ficou responsável por alavancar novas receitas provenientes do combalido e muito criticado marketing do Mais Querido, renegociar todos os contratos que geram receitas ao clube, planejar e iniciar o programa de sócio torcedor e fazer o nosso manto ser o mais valorizado da América Latina até o final de 2013 através de patrocinadores expostos na camisa. Que responsa hein, BAP!! Já o VP de finanças Rodrigo Tostes juntamente com o VP de negociação da dívida Carlos Langoni, ficaram responsáveis por equacionar a dívida monstruosa e também pela criação de um fundo de investimentos para contratações no futebol e o VP jurídico Flavio Willeman ficou responsável pela solução de todos os processos jurídicos pendentes no clube.

Na parte dos esportes olímpicos, coordenada pelo VP Alexandre Póvoa, o corte foi doloroso e feito na carne, dissolvendo as equipes profissionais de Judô, Natação e Ginastica Olímpica, pois geravam custos anuais em torno de 14 milhões de reais sem que ao menos os principais atletas dessas modalidades treinassem no clube, sendo que aqui faço uma pequena ressalva e defesa aos atletas, pois as condições das instalações para os treinos são de amargar. E finalizando esse resumo do mutirão da Gávea, temos as ações do VP de patrimônio Alexandre Wrobel, único remanescente da gestão “Amadorim”, com a árdua tarefa de concretizar o tão falado CT Ninho do Urubu, onde reuniões foram feitas ao longo dos últimos três meses com a Prefeitura do RJ e Ambev para providenciar a verba necessária para finalizar a construção.

Uma bandeira para o Bandeira de Mello. Créditos da charge para Carlos Alberto Valério Junior

Uma bandeira para o Bandeira de Mello. Créditos da charge para o parceiro Carlos Alberto Valério Júnior.

Resultados dos primeiros 3 meses de gestão

Mudando agora o foco das principais ações executadas, podemos falar então sobre os resultados obtidos até o início deste quarto mês de trabalho da nova diretoria, que na minha modesta visão, são resultados pra lá de satisfatórios e dignos de se tirar o chapéu.

No futebol, que esta diretamente relacionado a área de finanças, pois sem dinheiro não se contrata, a mentalidade continua sendo a mesma, ou seja, todas as contratações serão feitas por empréstimo sem custo ou então através de investidores e a intenção é que tenhamos para o restante da Copa do Brasil e início do Campeonato Brasileiro pelo menos 5 contratações de bom nível, com jogadores para o time titular. Além disso, a mescla entre juventude e experiência é um dos pilares para transformação do time, sendo que já acertamos a renovação dos contratos de Rafinha, Rodolfo e Adryan, com belos valores para multas rescisórias. Aliás, eu não entendo porque não estão utilizando o Adryan neste novo momento, pois nem no banco o coitado fica.

Na área de marketing, já temos um dos três patrocinadores do manto sagrado, a Peugeot, que firmou contrato para expôr sua marca nos próximos três anos e no momento estamos em negociação com mais três empresas, sendo que duas ocuparão os espaços restantes, fora o contrato de fornecimento de material esportivo com a Adidas que foi totalmente remodelado. Além disso, o tão esperado programa sócio torcedor saiu do papel, esta no ar e de acordo com fontes seguras, já temos mais de 15 mil associados em apenas 20 dias. Por falar nisso, vocês torcedores já se associaram? É baratinho e molezinha!! Eu fiz em menos de 3 minutos!!

Num trabalho conjunto entre a área de finanças e jurídica, conseguimos retirar todas as certidões negativas de débito após pagamento a vista de R$ 40 milhões de reais em impostos ao fisco, além de estar previsto pagamento de mais 80 milhões de impostos atrasados em 2013 mais os impostos do ano corrente, sendo que ainda foi feito um parcelamento de todo o restante da dívida. Além disso, foram reduzidos os processos jurídicos de 500 para 200 aproximadamente. Um golaço de placa a lá Zico na década de oitenta!!

Falando agora sobre os esportes olímpicos, foi mantido o time profissional de basquete, pois este já tinha alguns patrocínios para a categoria. Porém, o plano é que todas as equipes olímpicas tenham patrocínios próprios para não onerar receitas de outras áreas, além de condições ideias para treinamento e isso tudo até 2015, pois o Mais Querido quer disponibilizar um exército de atletas treinados e formados no clube para os jogos olímpicos do RJ em 2016. Ainda dá tempo!! Já na questão da construção do CT, estão praticamente acertadas as verbas da Prefeitura do RJ e Ambev que totalizam 10 milhões de reais para finalizar os módulos do futebol profissional e há um plano para construção de uma arena patrocinada pelo Mc Donald’s, estilo NBA, a ser utilizada pelo basquete e também para eventos especiais com capacidade variando de 10 a 15 mil pessoas. Vocês já imaginaram isso? Incrível!!

Assim sendo, aproveito essa oportunidade para sugerir a todos os leitores fanáticos e ansiosos pelos próximos capítulos dessa nova história, uma ação pró ativa para reforçar nosso apoio a essa gestão primorosa encabeçada por Eduardo Bandeira de Mello. Vejam bem, vamos pegar um domingo qualquer às 16hs, no campeonato brasileiro, no novo Maracanã, com jogo transmitido para todo o resto do Brasil, com casa cheia e levar uma bandeira vermelha e preta para homenagear as corajosas e grandes atitudes tomadas por essa turma que chegou para salvar o Mais Querido. Aos que não puderem estar presentes no evento, faço coro para que empunhem suas bandeiras Brasil afora no mesmo dia e horário. Então por favor esperem, pois marcarei a data da farra com todos mais a frente.

Eduardo Bandeira de Mello, eu vou levar minha bandeira vermelha e preta em homenagem ao Senhor e sua tropa de elite.

Fica a dica galera!!

Rate this post

Cansado de seu Emprego Atual, Gosta de Futebol, que Tal Faturar Enquanto assiste seu Jogo Favorito

Alexandre Peyon

Sou autor neste blog e gostaria de debater com todos aqui presentes os diversos assuntos sobre o Mais Querido. Espero a presença de todos para que possamos manter uma linha de debates e opiniões.

Website: https://crflamengo.net

6 Comentários

  1. É isso ai Alexandre a nação está com Bandeira de Mello. Vamos ter paciência galera.

  2. Diego Ortiz

    Simplesmente, show!

  3. Luiz

    Valeu Filhão. O texto está muito bom e retrata muito bem o que está acontecendo no Mengão. Só espero, e torço, para que atual Diretoria suporte bem a pressão até que possamos obter melhores resultados no futebol !

  4. su

    ESPERO, e como, que tudo corra bem durante o mandato do Bandeirão , e que Papai do Céu também faça parte da diretoria, colocando o Flamengo no local que sempre lhe foi reservado e que se lá por um tempo de inverno cinzento não esteve: que se faça a LUZ. Que o Grande Arquiteto lhes mostre o caminho a seguir . Aproveitem a garotada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *